Dieta para emagrecer: veja como perder peso de forma rápida e saudável

Dieta para emagrecer: veja como perder peso de forma rápida e saudável

Se o seu objetivo é perder peso de forma rápida e saudável, deve ter em mente que é importante seguir hábitos saudáveis, como a prática de exercícios físicos e a reeducação alimentar. Assim, o metabolismo será estimulado e a queima de calorias será intensificada.

Deste modo, é possível adotar uma dieta para emagrecer que respeitem o ideal da alimentação saudável e não sejam restritivas. Neste caso, é válido lembrar que a quantidade total de calorias ingeridas deve ser menor do que o valor gasto com as atividades físicas.

 Mesmo assim, a velocidade da perda de peso é condicionada a diversos fatores próprios do corpo da pessoa, como a quantidade de quilos que devem ser perdidos e o condicionamento físico inicial.

Caso as estratégias adotadas – dieta para emagrecer e exercícios físicos, por exemplo – sejam realizados diariamente, a perda semanal pode chegar até 2kg, dependendo da intensidade das medidas. Outra coisa importante é não verificar o peso todos os dias, pois isso pode gerar ansiedade, já que de um dia para o outro não há tempo necessário para grandes mudanças.

Opções de dieta para emagrecer

Foco em proteína

Alimentos que são fontes de proteína

 

Nesta dieta para emagrecer, o alto consumo de proteína e o baixo de carboidratos é a maior característica. Assim, pelo menos 40% dos alimentos ingeridos é rico no nutriente. É importante lembrar, no entanto, que não há uma única dieta da proteína, mas sim um grupo delas, como a paleolítica e Atkins.

Alimentos permitidos: peixes – atum, bacalhau e sashimi -, frutos do mar – camarão, lagosta ou siri -, carnes, derivados de leite, verduras, legumes e alguns outros itens como azeitona, ovos, pimenta, entre outras. Quanto às bebidas, chás, café descafeinado e água são permitidos também.

Essa dieta para emagrecer ajuda na perda de peso porque o nutriente principal – proteína – é um dos responsáveis pela sensação de saciedade. Assim, a pessoa demora a sentir fome e, ao mesmo tempo, diminui a quantidade de carboidratos, principalmente os considerados simples, na alimentação.

O maior benefício dessa dieta é exatamente proporcionar emagrecimento rápido e a alimentação mais saudável, já que alimentos industrializadas e pasteurizados não são recomendados.

Dieta dos pontos

 Mãos segurando um telefone com imagem de comida na tela

 

Essa dieta para emagrecer consiste em estipular uma pontuação específica aos alimentos com base em características próprias, como valor calórico, nutrientes, teor de gordura, entre outros.

Essa é a dieta para emagrecer mais usada pelos aplicativos e plataformas de perda de peso, em que o usuário marca a meta de emagrecimento e o tempo para que seja atingida. Em seguida, há o cálculo da quantidade de calorias que devem ser consumidas no dia e, então os alimentos ingeridos são registrados na interface e seus pontos são somados. Com isso, a pessoa pode ter uma base de quanto pode comer e o quanto realmente ingere por dia.

Alimentos permitidos: nessa dieta para emagrecer não há restrição quanto ao que é ingerido. Assim, os alimentos mais calóricos e açucarados, como o chocolate, podem ser comidos. Para isso, no entanto, é preciso abrir mão de outras comidas durante o dia ou semana para que exista pontos extras.

No entanto, como ela é focada na quantidade de calorias consumidas, pode não agregar na alimentação saudável, já que uma maçã pode ter a mesma quantidade de pontos que biscoitos recheados. Para resolver esse ponto, o ideal é procurar um profissional da área para que um plano nutricional seja feito dentro dessa quantidade de calorias estipuladas.

Dieta Detox

Dieta Detox baseia-se no consumo de frutas, hortaliças

 

A dieta detox ou desintoxicante tem como objetivo eliminar quaisquer substâncias que podem ser prejudiciais ao organismo, como agrotóxicos, conservantes, açúcares, gorduras saturadas, entre outras.

Assim como as anteriores, não existe apenas uma dieta detox. Há as que são focadas na quantidade de calorias consumidas diariamente, bebidas ou reeducação alimentar. Normalmente, elas duram cerca de uma semana e são indicadas em épocas posteriores a grandes abusos alimentares.

Ela é uma dieta para emagrecer pois, normalmente, reduz as calorias consumidas no dia. Além disso, eliminação de substâncias tóxicas faz com que o organismo funcione melhor.

E-Book Gratuito Chá Verde Emagrecedor

Chá Verde Emagrecedor! Como fazer? O jeito certo de preparar o chá verde. POR TEMPO LIMITADO, pegue agora mesmo sua cópia gratuita do E-book. As cópias gratuitas já estão se esgotando!

Digite Abaixo Seu E-mail para que possa envia o e- book para você gratuitamente

Dieta para emagrecer: veja como perder peso de forma rápida e saudável

Alimentos permitidos: frutas frescas, verduras e legumes orgânicos – couve, repolho, brócolis, entre outras – leguminosas, cereais integrais, castanhas, aveia, semente de girassol, abóbora, chia, ovos, peixes, leites de vegetais, mel, gengibre, cacau em pó, etc.

Nesta dieta para emagrecer não é recomendado a ingestão de gorduras trans, frituras, processados, cafeína, refrigerantes, alimentos com corantes, conservantes, glúten, leite e derivados.

Além disso, é preciso ficar atento ao efeito sanfona – quando a perda e ganho de peso ocorrem de forma alternada -, já que os dias em que a dieta está em vigor, há o emagrecimento e, depois disso, as pessoas creem que podem voltar a comer os itens que cortaram e, desta forma, retomam o peso perdido.

Dieta mediterrânea

alimentação da dieta mediterrânea

 

Essa dieta para emagrecer não exige nenhum prato ou cardápio específico. O objetivo dela, de forma geral, é a troca de gorduras más pelas boas e é baseada na alimentação da população do mediterrâneo. Sendo assim, ela é eficaz – além do fator da perda de peso – na prevenção de doenças cardíacas e AVC.

Deste modo, a alimentação da dieta mediterrânea é rica em alimentos de gordura poliinsaturada, que possuem o papel de de reduzir os níveis do colesterol LDL – o que faz mal ao organismo.

Alimentos permitidos: não há restrição alimentar, mas os alimentos mais consumidos pela população do mediterrânea incluem: pratos temperados com azeite, peixes, cogumelos, nozes, amêndoas, castanhas, laticínios com baixo teor de gordura, como leite e iogurte desnatados, cereais integrais e frutas e hortaliças.

Dieta da USP

A dieta para emagrecer chamada como “dieta da USP” não possui uma metodologia específico. Ela é, basicamente, um cardápio preparado para uma semana que pode ser estendido por até duas. Nele, não há a chance de alterar nenhum alimento especificado e nem o horário de consumo, então essa alimentação deve ser adotada apenas para quem não possui contraindicações e tem tempo hábil para seguir a dieta.

Como trata-se de uma alimentação balanceada para emagrecer, ela promove um déficit diário de 500 a 1000 calorias na alimentação da pessoa. Isso permite que de 0,45kg a 1kg por semana sejam eliminados, respectivamente.

Mesmo assim, é uma dieta extremamente restritiva e não há garantias de que seja um emagrecimento totalmente saudável.

A efeito de curiosidade, não há qualquer relação entre essa dieta e a Universidade de São Paulo (USP).

Cardápio indicado para 7 dias:

  • Manhã:
  • Primeiro dia: Café preto sem açúcar, com adoçante;
  • Segundo dia: Café com bolacha cream-crakers;
  • Terceiro dia: Café com biscoito cream-crakers;
  • Quarto dia: Café com biscoito
  • Quinto dia: Cenoura crua espremida com limão e café preto;
  • Sexto dia: Café com biscoito;
  • Sétimo dia: Café com limão.

 

  • Almoço:
  • Primeiro dia: 2 ovos cozidos e ervas a desejar;
  • Segundo dia: 1 bife grande com salada de frutas à gosto;
  • Terceiro dia: 2 ovos cozidos, salada de vagem e 2 torradas;
  • Quarto dia: 1 ovo cozido, 1 cenoura e queijo minas à vontade;
  • Quinto dia: Frango grelhado à vontade;
  • Sexto dia: Filé de peixe com tomate à vontade;
  • Sétimo dia: Bife grelhado e frutas à vontade;

 

  • Jantar:
  • Primeiro dia: salada de alface com pepino e salsão à vontade;
  • Segundo dia: Presunto à vontade;
  • Terceiro dia: Presunto e salada;
  • Quarto dia: Salada de frutas e iogurte natural;
  • Quinto dia: 2 ovos cozidos com cenoura;
  • Sexto dia: 2 ovos cozidos com cenoura;
  • Sétimo dia: Comer o que quiser, menos doce e bebidas alcoólicas;

Para diminuir a gordura na região abdominal

 

Café da manhã: uma fatia de pão integral, um ovo cozido, uma banana, um copo (240ml) de leite desnatado.

Esses alimentos podem ser consumidos no início da manhã e, entre o café e o almoço, um lanche com uma maçã pode ser realizado.

Almoço: salada verde com verduras ricas em água, como o chuchu ou a abobrinha e um filé de frango grelhado. De sobremesa, duas fatias de abacaxi podem ser consumidas.

Da mesma forma que entre o café da manhã e o almoço, também é possível fazer um lanche da tarde horas antes do jantar. Prefira as frutas, como morangos e maçãs. Como alternativas, iogurte desnatado também pode ser uma boa opção.

Jantar: sopa sem ingredientes gordurosos e um filé de frango grelhado.

As dietas para emagrecer com foco em perda de gordura abdominal devem ser feitas juntamente com a prática de exercícios físicos também focados nisso. Além disso, a dieta deve ser mantida por, no máximo, uma semana.

Gostou de saber mais sobre Dieta para emagrecer? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *